NÃO VAI DAR

deivid

Vai parecer pessimismo, entendam como quiser, mas não acredito que o trabalho do Deivid a frente do Cruzeiro “vingue”.

O treinador tem uma visão muito “romântica” do futebol. Seus conceitos são até legais, mas não para o momento que o futebol brasileiro passa. Não para o momento que o Cruzeiro vive. Talvez ele esteja vivendo na época do Cruzeiro de 2003, que tinha uma equipe com qualidade e muita, para jogar com a posse da bola e com uma ofensividade agressiva, que funcionava muito bem, mas… no meio campo tinham os brucutus, que eram verdadeiros pitbulls na marcação.

Augusto Recife e Wendell eram “os bichos”. Corriam, marcavam, davam porrada. Faziam a cobertura dos laterais e zagueiros. Davam tranquilidade para o sistema defensivo e liberdade para o ataque criar. Sem esquecer que tinha o Maldonado, volante, mas com muita qualidade no passe e na saída para o jogo

O Cruzeiro de Deivid carece desses jogadores. O atual elenco do clube não tem jogadores com as características dos volantes do time de 2003. Isso ficou muito claro no jogo contra o Fluminense. Os laterais ficaram vendidos, os zagueiros então!!!. Toda hora tinha atacante do time carioca fazendo o que bem entendia pelas beiradas do campo. Zagueiro ficando no “mano” com atacante, não tem jeito, sempre da merda.

Existe um desequilíbrio muito claro na equipe treinada por Deivid. O sistema ofensivo até que se apresentou bem contra o tricolor carioca, Arrascaeta foi uma grata surpresa, mas lá atras a coisa estava bizarra. O que preocupa é ver que a filosofia do treinador é essa aí. Ter um time que se preocupa muito com a ofensividade e que não privilegia a defesa. Pelo que parece, o jovem comandante acredita mesmo naquela frase que: “A melhor defesa é o ataque”.

Pode até ser… no vôlei, no basquete, na puta que pariu, mas nesse time do Cruzeiro, está comprovado que essa frase não tem o menor sentido. Não adianta o ataque fazer 3, 4 gols e a zaga tomar 5, 6. O que soma pontos são as vitórias.

Deivid tem que entender que o time de 2003 não existe mais e que o Barcelona tem Messi, Neymar, Suárez, Infesta e cia.

Porra!!! Porque ele não da uma olhadinha em um passado bem recente. Olha como o time do Mano funcionava. Marcava certinho, jogava com três volantes, dois deles ficavam mais na marcação (Henrique e Willians) e outro que saia mais para o jogo (Cabral). Era um time que não ficava tão exposto as investidas dos adversários, marcava bem e saia forte para o ataque.

Bom com essa mentalidade, Deivid cai antes do término do Campeonato Mineiro. Se bem que o presidente do Cruzeiro é o Gilvan.

Como diria Adilson Batista: “Vamos aguardarrrrrr”

Comentários

Comentários

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Sobre Programa Rivalizando

Rivalizar é preciso e faz bem

4 Respostas de “NÃO VAI DAR”

  1. Luiz Gustavo 19 de Fevereiro de 2016 at 14:58 #

    O Cruzeiro vive não vive péssima fase ainda…
    Acho exagero do Genta.
    Sou Palmeiras, mas mesmo assim acompanho vocês.

  2. Du viotti 19 de Fevereiro de 2016 at 16:02 #

    Gosto do trabalho do deivid!!! Poderia permanecer até o fim dos tempos!!! Kkkkk abraço genta!!! Sou fã do programa de vcs!!!

  3. Daniel Neto 19 de Fevereiro de 2016 at 16:44 #

    Falou tudo Genta.
    Deivid é um romântico, ele quer unir o Cruzeiro de 2003, com a posse de bola do tik taka do Guardiola. Além de fazer 4 gols e tomar 5 não adiantar, não adianta ter 58% de posse de bola e perder o jogo.
    Vamos pro feijão com arroz e 3 pontos que é isso que enche barriga!

  4. Paulo Renato 20 de Fevereiro de 2016 at 09:45 #

    Parabéns a todos malucos do Rivalizando, em especial ao Genta!!!

    Vá se fuder Deivid, ta achando que ta jogando PlayStation porra?!?!

Deixar uma resposta