PROCURA-SE DESESPERADAMENTE UM TREINADOR

ricardo.gomes.naoO Cruzeiro achou que a luz que estava no final do túnel era a saída, a redenção, mas não! A verdade é que a luzinha… essa maldita luzinha, se tratava do farol de uma locomotiva, com uns 30 vagões carregados até o talo de minério e a todo vapor.

O Cruzeiro foi atropelado, MAIS UMA VEZ. Já tínhamos tomado um não do Jorginho, outro não do Marcelo Oliveira e agora foi a vez de tomar um NÂO do Ricardo Gomes. PUTA QUE PARIU.

Que merda é essa que está acontecendo com o Cruzeiro? Como que um time que a tão pouco tempo foi bicampeão brasileiro chega a esse ponto? Como que um time toma esse monte de não, sendo que alguns desses profissionais que se negaram a trabalhar no clube, nem são profissionais tão gabaritados assim? Que isso!!! Inacreditável.

Pensando no macro, o que está acontecendo hoje, começou lá em 2010, exatamente em um jogo na cidade de Fortaleza, contra o Ceará. Nesse dia o então presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, demitiu Eduardo Maluf da direção de futebol do clube. Você pode estar pensando: “O que isso tem a ver? Esse cara pirou!”.

Olhem bem. Maluf é um dos grandes dirigentes do futebol brasileiro, experiente, influente politicamente, respeitado no meio do futebol. Dentro do Cruzeiro os jogadores, não sei se essa seria a expressão correta a ser usada, mas, tinham medo da figura do diretor de futebol, ele se impunha, sabia se fazer respeitar.

Ficamos sem esse profissional, pior ele foi para o rival, mas essa é outra história, voltemos para o nosso problema. Veio o Dimas Fonseca para a função, um paraquedista. As intenções dele dentro do clube eram de se promover, aparecer e outras aí (como não posso provar, vou ficar calado). Mas posso garantir, intenção de fazer um Cruzeiro forte, em momento nenhum ele teve, não trabalhou para isso e essa afirmação da para provar? Olhem o que aconteceu em 2011.

Você ainda deve estar se perguntando: “Tá, mas qual é a relação com o momento atual que o clube vive?”. Explico.

Os estragos de uma gestão malfeita, a famosa ingerência, seja ela numa empresa, dentro de um clube de futebol, raramente aparecem de uma forma rápida e imediata. Elas demoram. Os gestores incapacitados, dão um jeito de mascarar a verdadeira situação, ajeitam ali, aqui, vão empurrando com a barriga e assim vão enganando a todos.

Bom acabou a era Perrella e com sua saída chegou ao fim a péssima gestão do Dimas Fonseca, veio a era Gilvan. O novo presida divulgou que o antigo mandatário, deixou o clube quebradinho. Ingerência! Conselho omisso!

 Em 2012, tragédia. Mesmo com Mattos contratado para ser o novo diretor de futebol, Gilvan fazia suas intervenções no futebol, deu tudo errado. Em 2013 Gilvan trouxe Marcelo Oliveira, manteve o Mattos e deixou os dois trabalharem em paz e aí, finalmente, veio o sucesso. Cruzeiro bicampeão brasileiro, o respeito parecia que tinha voltado. PORRA NENHUMA

Gilvan passou o rodão. Mandou o técnico bicampeão brasileiro, Marcelo Oliveira, embora. Mattos, ao meu ver, viu que o presida estava disposto a ferrar com o projeto de um time forte e campeão, picou a mula para o Palmeiras. E aí veio a cagada mor do comandante maior do Cruzeiro, ele trouxe o Luxemburgo para treinador do time e em seguida o Tinoco (olha ai a carência de um diretor de futebol), aí só podia dar um único resultado… MERDA. Campanha pavorosa no Braileirão de 2015, e depois de muita teimosia, Gilvan mandou o profexor embora.

Bom no desespero Gilvan trouxe para o profissional do clube o Vicintin, que desenvolvia um bom trabalho na base. O novo vice-presidente de futebol contratou Mano, que fez um puta milagre de fazer o time que ele tinha em mãos jogar e terminamos o 2015 com a esperança de um 2016 diferente, vitorioso.

A China levou Mano Menezes embora e aí começou o calvário. Deivid efetivado para o cargo de treinador do Cruzeiro, mais ou menos o mesmo que um adolescente começar a sua vida sexual comendo a Marcia Imperator, vai passar vergonha. E não deu outra. Foi o fiasco que todos nós acompanhamos e agora, vemos com muita preocupação, essa LUTA do clube para arrumar um técnico para o time.

Então vamos lá. Como falei os resultados gerados por ingerências em gestões administrativas, demoram um certo tempo para aparecer, mas quando chegam amigo, é isso aí que estamos vendo atualmente. Me pergunto e te pergunto: Será que teríamos passado o perrengue que passamos em 2011 se o Maluf estivesse à frente da direção de futebol do clube? Será que com o auxílio do experiente diretor, o Gilvan não teria evitado de fazer algumas, das muitas cagadas que ele fez como presidente do Cruzeiro? Será que o Maluf, com os vários anos de janela que ele tem na bola, teria deixado o Deivid ser efetivado como treinador? Será que com a influência e respeito que ele, Maluf, adquiriu no mundo da bola, o Cruzeiro já não teria arrumado um treinador de ponta para comandar o time?

Olha não estou falando aqui que o Maluf seria o salvador da pátria do Cruzeiro, longe disso, mas com ele a frente do clube eu tenho certeza que as coisas não teriam ficado tão feias como estão agora e mais. Os sucessores do Eduardo Maluf não chegaram nem perto da competência que o cara tem, está claro para mim e muito claro, que o clube não tem uma “puta veia” entre seus dirigentes.

Sabe, aquele cara que tem traquejo para negociar um jogador, cara que imponha respeito na hora do “cara a cara” com um treinador, um camarada que oriente, que blinde, que mostre os melhores caminhos para o presidente do clube, alguém que seja conhecido e respeitado no meio futebolístico. Hoje o Cruzeiro não tem essa figura.

Muito pelo contrário, nossos dirigentes passam a impressão de serem muito “juvinhas”. O Alencar da Silveira, um dos vários presidentes que o América tem, deu um pito no atual diretor de futebol do Cruzeiro nos microfones da Itatiaia e tudo ao vivo. É informação que vaza para tudo quanto é lado, demitem treinador sem ter outro já na alça de mira, aí vão “anunciando” que treinador A, B, C ou D não servem, eles mesmos vão criando os obstáculos para trazer um nome. Fora que as contratações feitas para esse ano… putz! Tá osso

Mas a culpa não é só do Thiago Scuro e do Vicintin, tem mais um monte. Conselheiro nato que joga contra, conselheiro que investe em clube de fora, mas não coloca um tostão dentro do seu próprio time e por aí vai. Mas tem um dirigente, um nome, que é o grande responsável pela calamidade que acontece atualmente no Cruzeiro e é quem? Gilvan.

O presidente não da as caras para a sua torcida, está muito ausente, está longe de ser um dirigente atuante. No caso especifico da contratação de um treinador para o clube, ele não consegue trazer ninguém e ainda assim veta nomes, vide o caso do Adilson Batista, que queria e muito voltar para o Cruzeiro, mas…

Bão, o fato é que um dos gigantes do futebol brasileiro está na seguinte situação: Deivid caiu no dia 24 de abril de 2016, lá se vão 15 dias, pasmem, 15 DIAS e nada de um técnico.

Ó minha opinião. Sejam humildes, admitam que erraram, Gilvan largue de lado o ego e a teimosia, liga para o Adilson Batista e entrega para ele o comando do time, mas isso não vai acontecer.

O papo que está rolando na imprensa é que vão buscar um comandante que venha de fora do país. E como os nobres dirigentes conseguiram se enrolar com a sua própria corda, estão desesperados, aposto que vão pagar uma fortuna para um gringo.

Nos cabe torcer e muito, para o treinador que chegar, consiga o milagre de se adaptar rápido e fazer com que esse time, que é mediano para ruim, jogue bola. Não boto muita fé que isso vá acontecer, mas vamos pegar na fé.

Domingo começa o Brasileirão, Coritiba no Couto Pereira, vamos de Delamore no comando do Cruzeiro, é torcer para começarmos com o pé direito.

Chega logo 45 pontos.

Comentários

Comentários

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Sobre Programa Rivalizando

Rivalizar é preciso e faz bem

Uma resposta de “PROCURA-SE DESESPERADAMENTE UM TREINADOR”

  1. @lem 9 de maio de 2016 at 20:18 #

    Pqp! Genta, será que ele não vê que está fazendo mal ao Cruzeiro, com toda essa teimosia é pura burrice. Eu, mero torcedor, não tenho acesso aos caras, será que não há um cruzeirense lúcido e de boa vontade que possa dar uma aula para eles. Ou se voluntariar em ajudar, porque eles estão perdidos!

Deixar uma resposta