FOI DE CAIR A BUNDA COM O CU E TUDO

Sidney Lopes / EM / D.A PRESS

Sidney Lopes / EM / D.A PRESS

Confesso, faltando 5 minutos para o término do jogo entre Campinense e Cruzeiro, pela copa do Brasil, eu dormi. Tenho absoluta certeza que foi uma forma que meu organismo encontrou de me proteger de ter um infarto fulminante, ele me colocou de repouso e evitou o pior.

Porque eu vou te contar uma coisa, durante a partida eu tenho certeza que sofri vários ataques cardíacos, de menor intensidade, claro.

O time do Cruzeiro no primeiro tempo não incomodou a “grande, ultra, big, super, supimpa”  equipe da Campinense. O time Ficou com aquela desgraça de toque de bola do lado para trás, DESGRAÇA, DESGRAÇA, coisa irritante, insuportável, nojenta. Atitude covarde, implantada por um treinador que acha que descobriu a roda com esse sistema.

Veio o segundo tempo e pasmem, com a justa expulsão do Leo, que cometeu pênalti não marcado pelo arbitro, a favor da Campinense, o time melhorou. Abandonou o lixo do esquema que Deivid insiste em utilizar e se tornou uma equipe mais aguda. Utilizou-se da velocidade dos seus jogadores de frente, jogou com toques rápidos e uma saída de jogo mais efetiva. Nada de toquinho sem nenhuma objetividade para o lado.

Se o Elber tivesse um cadinho mais de qualidade, o Cruzeiro poderia ter conseguido um gol. O que seria praticamente um milagre e um resultado injusto.

A desobediência tática do time, deu solução para o que parecia insolucionável. Ao abandonar o esquema patético do treinador fraco do Cruzeiro, os jogadores encontraram uma forma melhor de atuar, pelo menos para o jogo contra a “super, ultra,biga, supimpa” Campinense

Não escutei a coletiva do Deivid, mas pelo que li, foi tão ridícula quanto à atuação do seu time.

Agora o Cruzeiro tem pela frente o América, do cangaceiro Givanildo. Na boa, não vou alimentar nem se quer um fiapo de esperança na classificação. Tenho filha para criar, não posso me dar ao luxo de ter um treco por causa de raiva. Mesmo porque parece que só a torcida anda preocupada com o futuro do clube.

O cu já caiu da bunda há muito tempo com esse time do Cruzeiro, a preocupação agora é de cair a bunda com o cu e tudo junto.

Comentários

Comentários

Tags: , , , , , , , ,

Sobre Programa Rivalizando

Rivalizar é preciso e faz bem

Uma resposta de “FOI DE CAIR A BUNDA COM O CU E TUDO”

  1. Santos 22 de Abril de 2016 at 08:31 #

    Seria cômico se não fosse trágico. Ainda bem que não ouviu a entrevista. Foi pior que o jogo, se é que isso é possível…
    Que o América não seja fraco e nos deixe classificar, Se isso acontecer, o estagiário não cai. E, para quem NUNCA deveria ter sido efetivado, ele já durou tempo demais. #FORAESTAGIÁRIO!!! #CRUZEIRONÃOÉLABORATÓRIO!!!

Deixar uma resposta