7 A 1 FOI POUCO?

Castellar FMF“Domingo, eu vou ao Mineirão!/ E vou torcer pro time que sou fã!”

A adaptação da música de Neguinho da Beija-Flor para a torcida celeste é uma das que mais gosto de ouvir a torcida cruzeirense cantar a plenos pulmões no Mineirão (na música original, o autor citava o Maracanã, e não Mineirão)

Nesse domingo, infelizmente, a torcida azul não poderá ir ao campo. O jogo que seria nesse domingo, contra o Uberlândia, pelo campeonato mineiro, passou para a próxima terça-feira.

A culpa dessa mudança se dá por conta de uma série de fatores, e, o objetivo desse texto é justamente tentar estabelecer uma reflexão sobre a situação envolvendo a organização do futebol.

Primeiramente, foi necessário remarcar a data do jogo, até então marcado para esse domingo, porque uma das torcidas organizadas do Cruzeiro alertou a Federação Mineira de Futebol (FMF) e polícia militar (PM) que a tabela marcava para a capital mineira jogos em horários próximos de todos os times da capital. Enquanto o Cruzeiro jogaria contra o Uberlândia na Toca III, o A. Mineiro jogaria contra o América no campo do sete.

No momento da confecção da tabela, nenhuma “sumidade” que trabalha em prol do futebol mineiro na FMF imaginou que a marcação de jogos na capital praticamente no mesmo horário poderia gerar encontros de torcedores rivais nas estações de metro, MOVE e vias de acesso. Os responsáveis pela marcação dos jogos para a mesma data provavelmente estiveram em coma profundo nos últimos 40 anos e não conseguiram nem mesmo recorrer aos dados estatísticos da polícia quando tem que cobrir jogos apenas envolvendo dois times na mesma cidade. É brincadeira não imaginar que não poderia dar problema até mesmo para quem não iria para nenhum dos dois jogos dado o nível de imbecilidade de alguns torcedores que se travestem de “torcedores organizados” para promover brigas e badernas coletivas.

A tabela já tinha sido anunciada desde dezembro e só agora, a duas semanas dos jogos, apenas quando alertada pela Máfia Azul – muito louvável a atitude dela – a PM viu que seria um enorme risco para todas as torcidas, pela possibilidade de confronto entre rivais nas mesmas estações de metro e MOVE e informou a FMF que não haveria como fazer os dois jogos no mesmo dia e em horários próximos.

A par dessa “surpresa”, a princípio, a FMF quis mudar a data do jogo do Cruzeiro para sábado. Mais uma vez o Cruzeiro é quem teria que se curvar aos interesses da FMF – não preciso nem comentar e lembrar o que a FMF fez com o Cruzeiro no clássico do ano passado, quando disputávamos a Libertadores – e o jogo passaria a ser no sábado.

Contudo, mais uma vez a FMF veio a ser surpreendida com a notícia que a Minas Arena já tinha marcado um show para a esplanada do Mineirão para o sábado à tarde e que não haveria como fazer esses dois eventos no mesmo dia e horário.

A par disso tudo, só sobrou passar o jogo do Cruzeiro e Uberlândia para a terça-feira, dia 15/3. O estádio “Governador Magalhães Pinto”, chamado de Mineirão e apelidado carinhosamente pela torcida celeste como Toca III, que deveria ser voltado ao futebol, por conta da necessidade cada vez mais eminente de gerar receita, ainda mais quando o estado de quebradeira do Estado de Minas Gerais, fez utilizar a esplanada para locação para realização de shows quando o correto seria privilegiar o futebol. Mas enfim… Isso é um bom tema para outra oportunidade… Vamos voltar a falar da “pernada” errada da FMF na elaboração de sua tabela…

O desgaste na tabela, na necessidade de mudar uma programação da TV, da torcida, de todos os envolvidos e ligados ao jogo se deu porque a FMF cuja única e principal função é a de justamente organizar um ridículo campeonato mineiro, com apenas 12 clubes, não consegue nem mesmo confeccionar uma tabela prevendo tudo o que cerca o futebol.

Não bastasse a situação gerada nesse final de semana, há que se louvar e reverenciar a “cereja do bolo” da FMF na elaboração da tabela quando vemos que mais à frente, no jogo mais importante do “campeonato rural” o superclássico entre Cruzeiro e A. Mineiro, que será disputado no campo do sete foi marcado para, justamente, um final de semana de data-FIFA.

O superclássico mineiro, marcado para 27.3, que é e deveria ser o jogo mais esperado do certame será diminuído em sua grandeza na medida em que os poucos jogadores selecionáveis de ambos os times não estarão presentes.

Como a pessoal que confeccionou a tabela do Mineiro fez esforço para colocar o jogo mais esperado do campeonato para uma data em que os poucos e importantes jogadores selecionáveis estarão fora do jogo, servindo suas seleções? Os poucos craques de ambos os lados não estarão presentes! Isso porque a fixação de datas-FIFA vem da entidade máxima do futebol com trucentos anos de antecedência. Como alegar possível desconhecimento dessa data? O superclássico não poderia ter sido marcado para uma semana antes ou depois? É brincadeira, viu!

O 7×1 sofrido pela seleção canarinho justamente em terras mineiras deveria ter servido para um choque de realidade em todas as esferas de organização do futebol principalmente a CBF e as Federações.

Muito embora o massacre alemão em 90 minutos ter servido de alerta, infelizmente, as atitudes da FMF e principalmente nos deslizes na administração do futebol mineiro só mostrou que não adianta esperar resultados diferentes quando não há mudança dos atos.

Enquanto a FMF for encarada de forma amadoresca, servindo de circo para uns e outros poderem tirar fotos com seus ídolos de outros clubes, ao invés de ouvirmos e cantarmos as adaptações da música do Neguinho da Beija-Flor a marcha fúnebre do futebol mineiro e brasileiro será o tema mais tocado.

7×1 foi pouco (mas 6×1 foi demais)!

#PNCF

 

Comentários

Comentários

Tags: , , , , , , , , , ,

Sobre Programa Rivalizando

Rivalizar é preciso e faz bem

9 Respostas de “7 A 1 FOI POUCO?”


  1. Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function ereg() in /home/rivais/public_html/wp-content/themes/premiere/includes/theme-comments.php:64 Stack trace: #0 /home/rivais/public_html/wp-content/themes/premiere/includes/theme-comments.php(19): the_commenter_link() #1 /home/rivais/public_html/wp-includes/class-walker-comment.php(174): custom_comment(Object(WP_Comment), Array, 1) #2 /home/rivais/public_html/wp-includes/class-wp-walker.php(145): Walker_Comment->start_el('', Object(WP_Comment), 1, Array) #3 /home/rivais/public_html/wp-includes/class-walker-comment.php(135): Walker->display_element(Object(WP_Comment), Array, '5', 0, Array, '') #4 /home/rivais/public_html/wp-includes/class-wp-walker.php(370): Walker_Comment->display_element(Object(WP_Comment), Array, '5', 0, Array, '') #5 /home/rivais/public_html/wp-includes/comment-template.php(2097): Walker->paged_walk(Array, '5', 0, 0, Array) #6 /home/rivais/public_html/wp-content/themes/premiere/comments.php(27): wp_list_comments('avatar_size=40&...') #7 /home/rivais/ in /home/rivais/public_html/wp-content/themes/premiere/includes/theme-comments.php on line 64